quarta-feira, 16 de abril de 2008

- a minha ideia da sociedade actual

Tenho andado a ter uma serie de problemas e cada vez mais acho que estamos a viver na epoca mais descartavel, hipocrita e de conveniencias de sempre!

o que é eu quero dizer com isto é que hoje em dia é muito facil fazer algo porque é conveniente, porque dá jeito....
- dá-me jeito morar aqui porque é perto do trabalho - nao porque gosto!
- dá-me jeito namorar com aquela pessoa porque tem carro e casa de ferias - nao porque me dou bem e sinto que ha um sentimento forte que nos une!
- dá-me jeito comer isto ou aquilo porque é barato e rapido - e nao porque me dá satisfação ou é saudavel!

...dá jeito!

e quando se muda de emprego ou quando a pessoa com quem se namora deixa de ter aquilo que nos dá jeito ou ate quando abre um sitio mais barato, muda-mos! a atitude é essa mesmo... "vou tentar, se nao der, mudo!".

nao vejo as pessoas fazerem as coisas por gosto e empenharem-se nisso.
fico triste por estas coisas acontecerem, o mundo torna-se um lugar frio, calculista e um sitio de mercenarios e interesseiros.

cada vez mais as pessoas usam outras pessoas ou coisas e quando ja nao interessa, esquecem, deitam fora! acabou. avança e pronto, lavam as suas maos.

Acho que o ser humano apesar de extremamente limitado tem potencial para muito, no entanto a desilusão é uma constante e é mais facil baixar os braços do que realmente fazer algo.

Não sei se quero ser boa pessoa nesta sociedade onde os bons sao os que ficam mal e os maus sao os que se safam!

estou um bocadinho farto...

- uma série de azares? naaaaaa...

Após as multas da emel e um ataque de formigas cocacolicas(descobri uma lata de coca-cola que as estava a atrair!) que combati com um aspirador, pó de talco e uma dose de paciencia reforçada.... uns dias depois os azares regressam!!!

Resumidamente:

- a chave do meu carro deixou de trancar o carro remotamente(aquela historia de apertar o botao e os piscas piscarem trancando as portas);

- descobri que tenho a fechadura do lado do "pendura" forçada e nem a chave entra - suspeito que me tentaram assaltar o carro.. so me pergunto para quê, carros comerciais com radio de origem nao me parece que sejam um alvo muito apetecivel;

- o meu telefone avariou... mails, contactos, fotos, videos, musicas, sms... morreu tudo!!!

isto tudo no espaço de duas semanas com mais umas chatisses com umas miudas, diria q no minimo é.... como é q se diz.... EXTREMAMENTE DESMOTIVANTE e MUITO IRRITANTE?!

ora... agora a pergunta:

o que é que falta acontecer?
se conhecerem um camionista que prometa que consegue mandar-me a baixo de um atropelamento só, mandem-me um mail... e ja agora se eu puder escolher o sitio, diria na ponte, assim depois mandam-me ao rio logo de seguida e poupam no velorio que ainda é caro!!! ate depois de morrer tem de se pagar... damn!

terça-feira, 8 de abril de 2008

- O meu problema pessoal com as formigas começou hoje!

Epa, fico ligeiramente aborrecido quando entro no meu quarto, olho para o chão e vejo uma série(para não usar a palavra "carreiro") de pontos_pretos_esticados_com_pernas a caminhar pelo quarto a dentro.

Ok, não é que eu precise do chão todo só para mim mas já agora que pago a renda, posso ter o direito de não partilhar o meu espaço com mais ninguém?
Epa, podemos chegar a um acordo, elas pagam-me um valor (a discutir numa reunião), e eu comprometo-me a deixa-las usar um certo e determinado espaço no chão, de maneira a poderem circular e passarem um bom bocado, vá.

mas que raio é que fazem muitas formigas no meu quarto?
Alguma festa para a qual não fui convidado?

Eu até acho que no fundo a formiga é um animal esforçado, anda sempre naquele carreirinho(não resisti em usar esta "palavra_anexo" da palavra "formiga"), vai à sua vida e volta quando tem de ser... nunca chateia ninguém. sim, a formiga é um animal que pronto, tem personalidade, sem duvida. tava capaz até de dizer que era um animal inteligente e o qual eu admiro, mas isso seria um pouco estúpido e como já devem ter percebido ao longo de todo este blog q transborda estupidez, EU não escrevo coisas estúpidas! vá, diga-se ligeiramente ridículas, se preferirem usar este termo simpático.

mas voltando ao assunto das formigas:
fiquei realmente chateado por não me terem convidado para a festa e só mesmo por causa disso, peguei no super-aspirador que tenho ali e pimba... foram quase todas pelo tubo acima.

género de insulto: vão fazer filhinhos pá dentro do aspirador, seus animais minúsculos e extremamente irritantes especialmente quando invadem quartos de pessoas coiso, tipo eu!

será que elas morrem enquanto são sugadas? na volta fiz pior e vão fugir todas pelo tubo do aspirador. na volta aparecem mais ainda para a vingança.
tou a ver q tenho de fazer um plano B, para o caso de ter que me exilar noutro continente. acho que demoraria alguns anos para uma formiga ir daqui à Austrália... a menos q ela apanhe um avião. agora q penso nisso, as desgraçadas nem sequer pagam bilhete de avião, ninguém as vê. bolas, não é nada justo!

agora que olho assim de repente para o chão. não consigo ver pontos_pretos_esticados_com_pernas a andar... por acaso, até me parece que estou a ver um ali. mas se for só um não reproduz, não é?



mensagem especial para alguém que eu sei que vai ler isto:

Caríssima formiga_rainha,

Venho por este meio informar que está aberta guerra pela conquista do MEU quarto!
Mais informo que todas as submissas de sua alteza me irritam e algumas até já foram derrotadas muahahaha!
Isto não fica por aqui, se não retirar as suas tropas de campo num prazo de 24h, serei obrigado a chamar a minha cavalaria, também conhecida com spray_que_mata_formigas. só então, perceberá a minha grandeza(1,70m +ou-) e com quem se veio meter!

Tenho dito.
Bem haja!

R. aka antz_hater!

- Vai de escadas pá!

Ha coisas que me deixam um pouco... "descontente", vá.
Ao ponto de me obrigarem a respirar fundo e pensar novamente para me acalmar, pelo menos exteriormente, e nao explodir mas lá dentro a coisa mexe comigo.

Ora, este "bonito" episodio passou-se no elevador do edificio onde eu trabalho(dizem!).

Ia eu com MUITA pressa, carregado com um computador debaixo do braço, que por sinal nao era leve, quando entro no elevador e penso: "Epa! o elevador foi uma invenção do caraças! se eu agora tivesse que descer estes 7 andares de escadas, acho que tava capaz de me suicidar. Era mais pratico e menos doloroso!... e sempre chegava lá a baixo mais rapido!".
Dito isto, carrego no botão do piso zero e siga,o elevador começa a descer.
De repente, o elevador abranda a velocidade e eu penso "porra, agora que tou com pressa é que esta cena tinha de parar...". nisto, o elevador acaba por parar no 5º piso e as portas abrem-se.
Naquele preciso momento acho que se desencadeou uma força sobrenatural tao grande na minha cabeça que tava capaz de bater à gordalhona - peço desculpa - à Senhora gordalhona que mandou o elevador parar.
Ela entra, trocaram-se os educadissimos e muito hipocritas "boa tarde!"(assunto a discutir num futuro proximo) e o elevador começou a fechar as portas, quando a Senhora gordalhona decide carregar no botão numero 4!

4??? QUATRO???

Ainda fechei os olhos e voltei a abrir, só naquela de ter a certeza que nao tava a ter uma ilusão optica e depois disso tive de olhar para ela com aquele olhar fulminante(ela nao estava a olhar para mim, se não, suponho que ainda levava porrada!) e pensei: "Epa, olha-me a lata desta gaja! primeiro é gorda, segundo tou com pressa, e terceiro vai para o quarto andar? epa deve tar a brincar comigo!"
Nisto, o elevador que entretanto tinha arrancado, poucos segundos depois voltou a abrandar, parar, abrir as portas.Fim da viagem da senhora gordalhona - ela saiu e eu segui viagem até ao piso zero...



Desculpem lá, mas nao é q ela nao tenha direito a ser gordalhona nem a andar de elevador mas com umas escada mesmo ao lado do elevador (que nao gastam energia electrica nem esforçam os cabos que puxam o elevador devido ao peso) a gaja nao vai de escadas porquê?
epa, nao me lixem!
tao ela nao ia de escadas e nao aproveitava para queimar uma quantidade inimaginavel(por mim) de calorias?
já agora, so faltava ela ter ido do 5º andar para o 4ºandar para comprar um bolo cheido de gorduras, açucar e tudo o mais que poderia ser descrito aqui que a faça engordar!


Meus amigos, deixo um apelo:

Se sao gordalhoes(nada contra até acho que sao pessoas de sorte) nao andem de elevador quando for so para descer um andar. a subir ainda percebo, trazer esses lipidos todos para cima nao deve ser trbalho facil, mas para baixo, no maximo rebolam. descem de qualquer maneira. a menos claro, que sejam tao gordalhoes que atinjam uma forma cubica e aí fica complicado de rebolar.

até uma proxima!

- uma questao de verbalizar o verbo correcto...

Entao nao é que o outro há bocado me disse "epa, ta a chover granizo!" ?!


PÁRA TUDO!

eu agora pergunto:
entao se quando cai chuva, chove;
quando cai granizo.... chove à mesma?
NAO...
Quando cai granizo, graniza!

ora, o correcto seria "epa, ta a granizar!"

Assim, SIM!

sexta-feira, 4 de abril de 2008

- Emel 3-0 Ricardo

Ora esta minha aventura passou-se ha coisa de uns dias.
Convem dizer q moro num sitio onde para se estacionar o carro na "via publica" tem de se pagar (das 8h ás 20h). Logo à partida a ideia nao me agrada mas como nao mando nada, resta-me (des)obedecer.

Estava eu de ferias, em casa(odeio, vida de pobre!) quando me lembrei de ir dar uma volta no meu carro. Ao chegar ao carro tinha um nao-simpatico papel amarelo remetido pela "emel"(aqueles gajos chatos que insistem em pedir dinheiro através de papelinhos... era bem mais simpatico escreverem poemas, mas pronto!).
Como devem imaginar, fiquei logo contentissimo mas segui viagem.

No dia seguinte, levantei-me por volta da hora de almoço, com calma - afinal estava de ferias - e decidi ir à sede da emel pagar a multa.
voltei a nao pagar o parque nesse dia, tou nesta casa ha 3meses e nunca paguei,n era uma multa'zeca q me ia amedrontar mas confesso que me decidi a deixar de ser preguiçoso e ir tratar dos documentos para poder ter direito a nao pagar estacionamento.
Ao chegar ao carro, nao vi nenhum papel amarelo no vidro da frente e fiz-me à estrada, descansado. Nao demorou nem 250mts e reparo num papel amarelo a voar do lado do pendura - "ups!".
Epa, em 3meses nao fui multado e agora sou multado 2 dias seguidos?? Ha pessoas com sorte!

Melhor ainda foi o q se passou quando cheguei ao edificio da emel: disse "olhe, ja agora veja la ai se nao fui multado mais vez nenhuma, q eu assim liquido a conta toda de uma vez!"...
Dito isto o homem vira-se para mim e diz: "por acaso tem por aqui 3multas para pagar. A de ontem, a de hoje e uma de ha 1 mes atras!"

Epaaaaa! #&@_-se!!! (é claro q nao tive esta ultima reacçao em frente ao homem, isto é so um desabafo meu aqui!).

Bem, contas feitas, larguei ali 90"eram_meus" euros e vim para casa mais pobre ainda...agora deixo o carro uns quarteiroes a baixo, durante o dia, numa zona mais perigosa... Sim pq entre a possibilidade de ser assaltado por uma pessoa pobre e suja ou ser roubado por uns otarios q têem uma empresa especializada em roubar pessoas integras e q trabalham para pagar as contas, prefiro ser assaltado pelo zé carocho.

Depois disto querem q um gajo seja patriota e pague as cenas...porra, sao os gajos que têem mais dinheiro,que roubam mais! Se fossem mas é para o caraças, para n dizer coisas mais agressivas...

e agora uma piadola feita por mim:

um individuo muito pobre um dia sentou-se e pensou "epa, como é que eu vou inverter esta situação e ficar rico? optimo mesmo era roubar pessoas integras de uma maneira muito injusta...ja sei! vou abrir uma empresa para multar parvos que pagam multas! mas agora ha um problema... que nome dou à empresa? um nome que nao dê muito nas vistas... hmmmm. BOA! é mel!



get it??

EMELem-mos!