quinta-feira, 29 de novembro de 2007

- por acaso até concordo...

"Portugal é um país de difíceis decisões. Portugal é um lugar do Mundo, onde é forte a implicação de cada cabeça em cada sentença. E quase todos os cidadãos deste país ficam zangados quando a sentença não é a da sua cabeça."

Paquete Oliveira

.

é mentira?

sábado, 24 de novembro de 2007

- Uma opinião que eu e o Napoleão partilhamos.

"Quem teme ser vencido tem a certeza da derrota."

Napoleão Bonaparte (Napoleão I)
França
[1769-1821]

sexta-feira, 23 de novembro de 2007

- O céu da boca

Duvida:

Porque é que dizemos "céu da boca"? nao era suposto o céu ser ao ar livre?

e então e porque é que não se diz "céu da casa" mas sim "tecto"?

e que tal "tecto da boca?"

ou até mesmo... "olha, hoje nao ha nuvens no tecto..." do mundo!?

quarta-feira, 21 de novembro de 2007

- Culpado ou só mais um Humano errado?

-cαтαrina' says:
Olá mano

AxE says:
ola

AxE says:
tas boa

AxE says:
?

-cαтαrina' says:
tou e tu ?

AxE says:
tbm

AxE says:
tas quase a fazer anos:)

-cαтαrina' says:
sim .. mais um ano que passa mais um que cresco .. :S

AxE says:
pois

-cαтαrina' says:
até é fixe .. mas passou tao depressa ontem ainda tinha 12 ..

AxE says:
ja tas a começar a ser pita

-cαтαrina' says:
Nao faz mal... nao me importo..

-cαтαrina' says:
a ser a pita .. hum acho que já era:P

AxE says:
pois... quanto mais crescemos, mais depressa o tempo parece que anda rapido

AxE says:
eu ainda me lembro de andar contigo ao colo!!!!!agora ja nao consigo! :S

-cαтαrina' says:
e amanha secalhar já está na hora de eu escolher o que quero da minha vida ..

-cαтαrina' says:
Hey nao estou assim tao gorda .. !

AxE says:
tas tas!!! gORHDa

AxE says:
como dizia o joao

-cαтαrina' says:
eh eh eh .. ele nao sabe o que diz!!

AxE says:
ainda tens tempo para escolheres o que queres da vida

AxE says:
tem calma cata...

-cαтαrina' says:
ya .. mas isto está a ir muito depressa!!!

AxE says:
vai tentanto ter calma e aguentando...a vida nem sempre é facil, e respirar fundo e ter calma ajuda

---------------------------------------------------------

eu com 13 anos nao me preocupava com o que queria fazer da vida...queria era ir para a rua para jogar ao berlinde, ao peao, ao diablo...

outro aspecto interessante e o que de facto me assusta mais agora é simplesmente o sentimento de culpa.

"culpa do quê?" perguntam voces!

culpa...
Tenho aquela coisa a que chamam consciência (é verdade, por incivel que pareça, tenho mesmo!), que neste momento me bombeia a frase "será que és um bom irmão?" para a cabeça constantemente.
É uma pergunta um tanto ao quanto estupida.
Penso que nao há "bons irmãos" ou "maus irmãos". Há irmãos mais proximos que outros e confesso que não sou muito apegado à minha irmã, nao o tanto quanto deveria e segundo a estupida da minha consciência, isso arrasta-me para o grupo dos "maus irmãos". Aqueles que não estão presentes nos momentos necessários, aliás, na maior parte dos momentos no meu caso. Agora que penso bem nisso, ate me sinto um pouco uma pessoa invejosa, por querer o melhor para mim e ter investido em mim e em experiencias e não ter pensado nas minhas irmãs, que se calhar precisam mais de mim, do que eu preciso das experiências que já vivi até agora.

O pensamento é uma armadilha, quanto mais penso, mais me afundo nos pensamentos, embora saiba que provavelmente após uma longa divagação e umas quantas coca-colas a coisa passa... e tenho mais uns meses de paz sem sentir esta culpa. pelo menos mais um mês, até ao meu irmão de 3 anos,fazer os 4!

Sou o meu pior inimigo. Confirma-se!

vou continuar a divagar sozinho por agora...

Humano, mais uma vez, és muito Limitado!

terça-feira, 13 de novembro de 2007

- só mais uma duvidazita...

Duvida:



Expliquem-me por favor qual é a rua sem saida que não tem estacionamento limitado!!!
Um rasgo de inteligencia patrocinado pela lousã.

Grato.
R.

- Apenas uma divagação...



Desde quando é que deixaram de haver pessoas interessantes ao virar da esquina e temos de procura-las na Internet?

Acho engraçado o rumo que as coisas seguem por vezes... diria mais que engraçado. Diria talvez hilariantemente estúpidas, deixando de usar a ironia por momentos.

como é possível uma pessoa sentir-se mais acompanhado com estranhos do que com "amigos" ou a própria família?

Andam todos ocupados, toda a gente tem uma vida própria e mil "a fazeres" como se não houvesse amanhã.

Estranho como se fazem escolhas de prioridades hoje em dia.

não critico. tento não fazer o mesmo.

Ser Humano... animal limitado!

e eu que ainda acredito em certas coisas...

segunda-feira, 5 de novembro de 2007

- duvida da minha prima...

Ora, sendo a minha prima parte da minha familia e de alguma maneira ter genes que derivam de onde os meus tambem vieram algures na nossa arvore genealogica esta questao que ela decidiu fazer-me hoje, podia perfeitamente ter sido composta por mim mesmo.
ainda tentei argumentar mas acabei so por sorrir e dizer-lhe que esta era uma daquelas brilhantes questoes que provavelmente nunca ninguem se lembrou.

Ela - "porque é que quando nos chateamos dizemos asneiras?"
Eu - "porque estamos de mau humor e queremos dizer coisas más!"
Ela - " e porque é que queremos dizer coisas más? isso nao é bom, nao somos pessoas más!"
Eu - "pois... realmente podiamos dizer coisas tipo 'doce de morango' ou 'borboletas e flores da primavera' mas nao, dizemos 'f3%#!?%' e coisas piores..."
Ela - "exacto, mas porque?"
Eu - "essa é mais uma daquelas boas perguntas."

alguem tem sugestoes?