sábado, 27 de outubro de 2007

- Texto de Miguel Esteves Cardoso in Expresso

"Há coisas que não são para se perceberem. Esta é uma delas.Tenho uma coisa para dizer e não sei como hei-de dizê-la. Muito do que se segue pode ser, por isso, incompreensível. A culpa é minha. O que for incompreensível não é mesmo para se perceber. Não é por falta de clareza. Serei muito claro. Eu próprio percebo pouco do que tenho para dizer. Mas tenho de dizê-lo. O que quero é fazer o elogio do amor puro. Parece-me que já ninguém se apaixona de verdade. Já ninguém quer viver um amor impossível. Já ninguém aceita amar sem uma razão.
Hoje as pessoas apaixonam-se por uma questão de prática. Porque dá jeito. Porque são colegas e estão ali mesmo ao lado. Porque se dão bem e não se chateiam muito. Porque faz sentido. Porque é mais barato, por causa da casa. Por causa da cama. Por causa das cuecas e das calças e das contas da lavandaria. Hoje em dia as pessoas fazem contratos pré-nupciais, discutem tudo de antemão, fazem planos e à mínima merdinha entram logo em "diálogo". O amor passou a ser passível de ser combinado. Os amantes tornaram-se sócios. Reúnem-se, discutem problemas, tomam decisões. O amor transformou-se numa variante psico-sócio-bio-ecológica de camaradagem. A paixão, que devia ser desmedida, é na medida do possível. O amor tornou-se uma questão prática. O resultado é que as pessoas, em vez de se apaixonarem de verdade, ficam "praticamente" apaixonadas.
Eu quero fazer o elogio do amor puro, do amor cego, do amor estúpido, do amor doente, do único amor verdadeiro que há, estou farto de conversas, farto de compreensões, farto de conveniências de serviço. Nunca vi namorados tão embrutecidos, tão cobardes e tão comodistas como os de hoje. Incapazes de um gesto largo, de correr um risco, de um rasgo de ousadia, são uma raça de telefoneiros e capangas de cantina, malta do "tá bem, tudo bem", tomadores de bicas, alcançadores de compromissos, banancides, borra-botas, matadores do romance, romanticidas.
Já ninguém se apaixona? Já ninguém aceita a paixão pura, a saudade sem fim, a tristeza, o desequilíbrio, o medo, o custo, o amor, a doença que é como um cancro a comer-nos o coração e que nos canta no peito ao mesmo tempo? O amor é uma coisa, a vida é outra. O amor não é para ser uma ajudinha. Não é para ser o alívio, o repouso, o intervalo, a pancadinha nas costas, a pausa que refresca, o pronto-socorro da tortuosa estrada da vida, o nosso "dá lá um jeitinho sentimental".
Odeio esta mania contemporânea por sopas e descanso. Odeio os novos casalinhos. Para onde quer que se olhe, já não se vê romance, gritaria, maluquice, facada, abraços, flores. O amor fechou a loja. Foi trespassada ao pessoal da pantufa e da serenidade. Amor é amor. É essa beleza. É esse perigo. O nosso amor não é para nos compreender, não é para nos ajudar, não é para nos fazer felizes. Tanto pode como não pode. Tanto faz. é uma questão de azar. O nosso amor não é para nos amar, para nos levar de repente ao céu, a tempo ainda de apanhar um bocadinho de inferno aberto. O amor é uma coisa, a vida é outra."

Texto de Miguel Esteves Cardoso in Expresso

A coisa continua mas esta é a minha parte preferida... decidi partihar.

segunda-feira, 22 de outubro de 2007

E se....

E se eu nao quiser mais ser eu proprio?
E se eu nao quiser ser outra pessoa?
E se eu nao quiser conhecer mais ninguem?
E se eu nao quiser mais ver as pessoas que já conheço?
E se eu nao quiser ficar aqui?
E se eu nao quiser ir a mais lado nenhum?
E se eu estiver farto de pensar?
E se eu estiver farto de escrever?
E se eu estiver farto de agir?
E se eu estiver farto de andar?
E se eu estiver farto de falar?
E se eu estiver farto de ver?
E se eu estiver farto de aprender?
E se eu estiver farto de evoluir?
E se eu estiver farto de sentir?
E se eu estiver farto de sobreviver?

E se...

domingo, 21 de outubro de 2007

o "purtguês" que se fala...

Concordo... Eu proprio tenho a minha lista de palavras "bem dizidas" que oiço por aí no dia a dia!

Carreguem no "Play" e oiçam com atenção.



em alternativa clickem aqui em baixo
http://videos.sapo.pt/G2v2sU039M6D5vUM4v0D


LOLOL farto-me sempre de rir quando oiço estas verdades...

sábado, 20 de outubro de 2007

A melhor maneira de começar um sabado!

A melhor maneira de começar um sabado é trocar um pneu furado, por um pneu careca!
Ficar com as maos todas pretas... maos há homem... por momentos quem me visse ate diria "epa, lá está um puto trabalhador! Sabado de manha, 10h e já tá aqui todo fresco a mudar pneus, maluco!"

segue uma foto do amigo que decidiu ser furado em pleno tunel do grilo por volta das 2h da manha a uma velocidade de 90km/h. depois de vazio ainda fez cerca de 5km à estonteante velocidade de 10km/h! upa upa, pirelli é um pneu fantastico!



Ora, eu ja tinha dito que ia comprar 4 pneus novos na 2a feira mas dados estes acontecimentos, foi mesmo sabado de manha!

13h e ja o meu carrito tem 4 pantufas redondas novas, agora vamo'lá ver como se portam os pneus uniroyal... com U.
Pneu tropical rarissimo... uniroooooyaaaaaallll fresquinho! nao havia pneus Kunami :(

Azar? naaaaa...

Sabem o que é que me deixa mesmo chateado?

O que me deixa mesmo chateado, é vir na auto-estrada ás 2h da manhã de uma 6a-feira, fim de uma semana cansativa e de repente sentir uma oscilação/barulho esquisito no carro. Parar e ver que ha um pneu furado! ora.. isto parece mau? ainda nem começou meus amigos!
1º Pensamento... Telemovel! NAO. NAO. NAO... telemovel SEM BATERIA!
2º Pensamento... Trocar o pneu! NAO. NAO. NAO... Nao sei onde anda a chave propria para soltar o pneu suplente!
3º Pensamento... Siga a 10km\h até onde o carro andar!
Após 5km a 10km/h parei o carro uma rua a baixo para nao dar nas vistas, vim para casa cansado/saturado/chateado/aborrecido/sem paciencia/whatever, abri a porta do predio e pensei: "deixa la ver quem me escreveu hoje"...3 cartinhas! ena!
EDP, EPAL e Millenium BCP.

Planos para o fim-de-semana:

Sabado: Arranjar uma cordinha e aprender a fazer uns nós jeitosos!
Domingo: Pendurar-me pelo pescoço sem nada por baixo dos pés!

Só comigo...

quinta-feira, 18 de outubro de 2007

continuo a questionar-me...

O que é pior:

sentir falta de pessoas e não saber noticias delas

ou

Não sentir falta delas mas estar sempre a levar com os seus problemas?

"wannabes"

I'm through with standing in line
To clubs we'll never get in
It's like the bottom of the ninth
And I'm never gonna win
This life hasn't turned out
Quite the way I want it to be

(Tell me what you want)

I want a brand new house
On an episode of Cribs
And a bathroom I can play baseball in
And a king size tub big enough
For ten plus me

(So what you need?)

I'll need a credit card that's got no limit
And a big black jet with a bedroom in it
Gonna join the mile high club
At thirty-seven thousand feet

(Been there, done that)

I want a new tour bus full of old guitars
My own star on Hollywood Boulevard
Somewhere between Cher and
James Dean is fine for me

(So how you gonna do it?)

I'm gonna trade this life for fortune and fame
I'd even cut my hair and change my name

[Chorus:]
'Cause we all just wanna be big rockstars
And live in hilltop houses driving fifteen cars
The girls come easy and the drugs come cheap
We'll all stay skinny 'cause we just won't eat
And we'll hang out in the coolest bars
In the VIP with the movie stars
Every good gold digger's
Gonna wind up there
Every Playboy bunny
With her bleach blond hair

Hey hey I wanna be a rockstar
Hey hey I wanna be a rockstar

I wanna be great like Elvis without the tassels
Hire eight body guards that love to beat up assholes
Sign a couple autographs
So I can eat my meals for free
(I'll have the quesadilla, on the house)
I'm gonna dress my ass
With the latest fashion
Get a front door key to the Playboy mansion
Gonna date a centerfold that loves to
Blow my money for me
(So how you gonna do it?)
I'm gonna trade this life for fortune and fame
I'd even cut my hair and change my name

[Chorus]

And we'll hide out in the private rooms
With the latest dictionary and today's who's who
They'll get you anything with that evil smile
Everybody's got a drug dealer on speed dial

Hey hey I wanna be a rockstar

I'm gonna sing those songs
That offend the censors
Gonna pop my pills from a pez dispenser

I'll get washed-up singers writing all my songs
Lip sync em every night so I don't get 'em wrong

[Chorus]

And we'll hide out in the private rooms
With the latest dictionary and today's who's who
They'll get you anything with that evil smile
Everybody's got a drug dealer on speed dial

Hey hey I wanna be a rockstar
Hey hey I wanna be a rockstar


rOckstar by Nickelback.


isn't this so truth? how come?

ahahah wanna be...

segunda-feira, 15 de outubro de 2007

Cultura nos pés!

Bem, não vou fazer aquele comentário ignorante que muita gente faz “ah, qual é a piada de ver 22 gajos a correr atrás de uma bola?”, mas sinceramente acho que o futebol é levado demasiado (“muitíssimo demasiado”, se é que se pode escrever isto dado o nível de cultura que a maioria dos jogadores têm), a sério!
É 1 desporto e como muitos outros, satisfaz as necessidades físicas de muitos mas daí a ter o papel que tem na sociedade de hoje, acho simplesmente ridículo!

Vamos lá a ver uma coisa: quem constrói 1 prédio, está a contribuir para o desenvolvimento do país (se não, ainda vivíamos em grutas ou tendas!). Essa pessoa arrisca a sua vida todos os dias, trabalha ás vezes muito mais do que devia e no fim do mês recebe uma merda de um mísero ordenado. E geralmente são os estrangeiros que fazem esse trabalho que muitos dos portuguesinhos nao querem fazer.
Depois temos o jogador de futebol, faz preparação física todos (ou quase) dias, tem milhares de fãs, faz campanhas publicitarias que dão milhões, alguns até escrevem livros, joga umas horinhas por semana e no fim do mês, toma lá 1 Mega-ordenado mais iva!! (que dava para eu me orientar por alguns anos a fazer a vida de pobre que faço!)
Não estou a dizer que os operários das obras deviam fazer campanhas publicitárias, nem que os jogadores deviam jogar tipo 12horas por dia sem treino, mas a discrepância é abismal!
Imaginem um trabalhador da obra, com o seu preparador físico, o seu massagista, o seu fisioterapeuta, chegar à obra de Mercedes, andar ali 2 horas a fazer cimento, depois sair da obra, tomar um banho, uma sauna, uma massagem'zita,sair dali para dar uns autógrafos e ir para entrevistas e espectáculos com a bela da mulher que nem falar português sabe.

Outra coisa que me chateia é o país parar quando há 1 jogo de futebol mais “aceso”, 1 derby por exemplo. Imaginem a cena: o país a ver um conjunto de operários do norte a construir 1 prédio mais rápido que uns algarvios, ambas as equipas a construírem na liga dos campeões da construção civil. TVs nacionais e internacionais, resmas de gente ao vivo, etc, etc. e no fim, ganha a equipa algarvia e durante 3dias só se fala nisso em todo o lado!

“Epá, o ótario do nº10 não havia maneira de passar o ultimo tijolo ao Casemiro!”
”Nem me digas nada! Nem sei como é que o Jacinto falhou aquele bocado de cimento, o passe do Tiburcio foi metade do trabalho feito.”
Ou então:
“Epá, a equipa construtora do norte, contratou um preto muito bom para guiar gruas!”
“Estou maravilhado com este director de obra, com esta táctica já ganhamos o campeonato!”
Enfim, mil coisas absurdas que se podiam dizer!

Na semana passada fui a convidado (só fui mesmo por ser convidado, nunca na vida que eu ia PAGAR para ver um jogo de futebol) para ir ver um jogo de futebol ao estádio.
Sinceramente senti-me muito estúpido a olhar para as bancadas do estádio e ver a cambada de dinheiro que eu faria se tivesse um estádio só meu e 22camelos para andarem ali a fingir que sabem jogar à bola.
Bem, a grande maioria das pessoas nem devem de ir ao ginásio no dia do jogo porque com a quantidade de saltos que deram durante o jogo, estava feito o exercício diário.
Culturalmente foi uma experiência muito enriquecedora. Aprendi que se podem dizer pelo menos 15 asneiras em 10 segundos e que tanto os jogadores em campo como o árbitro são quase todos filhos da mesma mãe!
O que mais me espantou, foi ver uma “Senhora” nos seus 40 e muitos anos com uma capacidade atlética nula a fazer comentários do género: “ÉS MESMO ESTUPIDO, PASSA A MERDA DA BOLA SEU CABRAO!”. Isto sim, um grande comentário, analisemos: Qual o primeiro nome do jogador em questão? Estúpido? Cabrão? E se ele realmente passasse a bola e falhasse? Que outro bonito nome teria? Só me apetecia ter dito: “Ó SUA FEIA, GORDA, VELHA, ASNEIRENTA E INCULTA… JÁ OLHOU BEM PARA A SUA FIGURA? AQUELE ‘ESTUPIDO’ ALI, TEM MAIS DINHEIRO, SAUDE E FAMA QUE VOCE ALGUMA VEZ VAI TER! DÊ-SE AO RESPEITO E JÁ AGORA, ARRANJE VIDA PROPRIA!”.

Resumindo, o que 1 jogador de futebol ganha é simplesmente um exagero, tudo bem que se lesionem e que acabem a carreira muito cedo mas jogam porque querem!
- Detesto ver o país parar por causa de um jogo, tipo, eles ganhem ou percam, eu não fico mais rico por isso nem mais bem sucedido profissionalmente.
- Odeio ouvir todo o mundo armado em treinador a mandar bocas a dizer que jogador A ou B é coxo ou que treinador fulano ou sicrano é um tolinhas e devia ser despedido.
- Mete-me raiva o Jogador ficar cada vez mais rico e eu cada vez mais pobre!

O futebol… Irrita-me!

domingo, 14 de outubro de 2007

vontades...

ás vezes tenho vontade de fazer coisas "fora do normal".

ontem apeteceu-me pegar num frasco com doce de morango, pao tostado e umas coca colas e ir-me sentar junto ao mar, ás 3h da manhã.

nao fui. faltou-me a ausencia da preguiça e companhia.

ja ha muitas coisas que faço sozinho que nao faria se a condição para o fazer fosse ter companhia e por isso ontem nao sei o que me impediu de ir com o frasco de doce para junto do mar.

sou uma pessoa dificil de entender.
nao só aos olhos dos outros, aos meus tambem.

pode ser que amanha encontre alguem semelhante a mim ou encontre o pensamento certo para me perceber.

quinta-feira, 11 de outubro de 2007

o meu truque para os momentos dificeis...

Desenvolvi um pensamento para quando estou a passar por um momento que eu considero mau, ou menos bom. um daqueles momentos em que quero que acabe depressa!

Tenho sempre em mente 2 palavras que depois desenvolvo e me lembro de tudo o resto:

" TUDO ACABA!!! "


Exemplos...

PROBLEMA:
estou no trabalho mas nao me apetece!(acontece muitas vezes)

SOLUÇAO:
1. Respirar fundo (respirar fundo ajuda muito. ajuda-nos a perceber melhor as coisas e a pensar com mais calma);
2. Lembrar-me que TUDO ACABA! tudo tem um fim e por isso no maximo dali a umas horas vou sair do trabalho. já vivi muitos anos até chegar áquele momento, por isso, aguentar mais "um pouco" nao custa assim tanto. podia ser pior!
3. Pensar em coisas para fazer depois do trabalho!


ok, talvez este nao seja um problema a sério, todos temos o trabalho ou a escola... vou tentar novamente.


PROBLEMA:
Estou doente e dói-me a cabeça e mais qualquer coisa. vou apanhar uma seca o(s) dia(s) todo(s) de cama!

SOLUÇÃO:
1. Respirar fundo;
2. Lembrar-me que TUDO ACABA! tudo tem um fim e por isso no maximo dali a umas horas/dias vou sair dali. já vivi muitos anos até chegar áquele momento, por isso, aguentar mais "um pouco" nao custa assim tanto. podia ser pior!
3. Pensar em coisas para fazer quando estiver bom! qualquer coisa que me distraia para nao me lembrar disso.



.... ja foi um exemplo melhor.mas mesmo assim vamos agravar a situação!


PROBLEMA:
estou no trabalho (mas nao me apetece) e para alem disso estou doente(dói-me a cabeça,a garganta e as costas). para piorar as coisas, estou com muito pouco dinheiro. para piorar ainda mais, tenho um membro da minha familia com um problema grave e estou preocupado.

SOLUÇÃO:
1. Respirar fundo;
2. Lembrar-me que TUDO ACABA! tudo tem um fim e por isso no maximo dali a umas horas vou sair do trabalho.as dores, nao duram para sempre, também vao passar. O dinheiro? tenho de ser paciente e esperar pelo fim do mês. O familiar? o familiar tem mais amigos e familiares para o ajudarem, e tudo se vai recompor. já vivi muitos anos até chegar áquele momento, por isso, aguentar mais "um pouco" nao custa assim tanto. podia ser pior!
3. Pensar em coisas para fazer quando sair do trabalho. qualquer coisa que me distraia para nao me lembrar disso.

pronto. mais ou menos isto! TUDO ACABA!

ter paciencia, esperança e acima de tudo optimismo.




neste momento estou ansioso pelo fim-de-semana. tambem posso aplicar esta maneira de pensar.

respiro fundo...
TUDO ACABA.
ESTA SEMANA VAI ACABAR.
demorei 21anos para chegar a ESTE fim-de-semana... é só esperar mais um pouco!
pronto. ja estou muito mais calmo. LOL

até à proxima e obrigado pelos comentarios!

terça-feira, 2 de outubro de 2007

Porque? what's the pOint?

porque é que o Homem quer sempre ser...

o primeiro;
o melhor;
o mais rico;
o mais inteligente;
o mais experiente;
o mais famoso;
o mais rapido;
o mais concorrido;
o maior;
o mais forte;
o que tem a melhor casa;
o que tem a mulher mais boa;
o que tem o melhor carro;
o que recebe mais;
o que faz ou é mais que o RESTO?

ó seu ANIMAL, porque é que nao te contentas com coisas simples?
porque é que tens de sonhar alto e nao te contentas com o que tens?
qual é a logica de provar que és superior?

otário!

segunda-feira, 1 de outubro de 2007

Lama, seu grande maluco. és o maiOr!

Perguntaram ao Dalai Lama o que mais o surpreende na Humanidade...

"Os Homens...
Porque perdem a saude para juntar dinheiro,
depois perdem o dinheiro para recuperar a saude!

Por pensarem ansiosamente no futuro, e,
esquecerem o presente de tal maneira
que acabam por nem viver o presente nem o futuro.

Vivem como se nunca fossem morrer...
E morrem como se nunca tivessem vivido!"