sábado, 29 de setembro de 2007

pReciso de um abraço grátis!

vou comprar umas cartolinas e uns marcadores, e um dia destes vou para o meio da rua fazer uma "free hugs campaign".

Ha por ai muita gente a precisar de um abraço!

segunda-feira, 24 de setembro de 2007

pergunta:

e se um dia a gravidade deixasse de existir?

era grave?

quarta-feira, 19 de setembro de 2007

quem sou eu afinal?

eu sou aquele que aos 21 já tinha carro, casa, emprego e alguns objectivos, um rumo!
mas nao estava contente.
eu nunca estou contente.
quero o que nao tenho, quero mais e quando tenho mais, ja nao é o suficiente.
entao um dia decidi largar tudo o que tinha e partir daqui para fora.
sair daqui em busca de algo mais.
ir em busca de algo melhor, de mais e mais e mais.
em busca de mim.
sem ninguem conhecido a julgar-me, poderia ser quem quisesse, pensava.
pelo menos poderia tentar.
pelo menos nao ficaria a questionar-me sobre a possibilidade de ter tentado e nao ter feito nada.
estava ali ao meu alcance.
decidi.
fui.
comecei do zero.
sem os amigos, sem a familia.
estava por minha conta para o bem e para o mal.
descobri.
descobri os outros.
descobri-me.
descobri alguns dos meus limites.
descobri algumas das minhas fraquezas e forças.
descobri-me num sitio longe do meu habitat natural. foi quase como reaprender a andar.
reaprendi a sobreviver.
descobri o que era o mais importante para mim.
LIBERDADE, em todos os sentidos: liberdade de expressao, liberdade de pensamentos, liberdade de escolha, liberdade financeira, liberdade de movimentos, liberdade de lutar pelo que quero, liberdade de ser quem quero e nao o que os outro pensam que seria o melhor ou só porque é correcto.
tambem descobri que deixei o meu coraçao para tras e por mais frio que seja por vezes, deixar o coraçao pa tras nao é facil após certo tempo.
eu quero ser EU.
decidi voltar ao "meu" país'zinho.
estou aqui para ser EU.
para me fortalecer e continuar a crescer pessoalmente.
continuo a querer mais, mas nao so dos outros, tambem mais de mim!
quero mais e mais e mais e quando tiver mais, vou querer mais.
nao, ainda nao chega, nao estou satisfeito.
talvez volte a partir.quem sabe?!
ainda nao estou contente e provavelmente nunca estarei.
mas agora sei o que é o mais importante para mim.
mudei, nao o suficiente mas bastante e mais do que era suposto.
aprendi.
cresci.
embora agora me sinta um pouco deslocado.
a mentalidade das pessoas por aqui é muito diferente.
mas nao me importo.
ah! esqueci-me de referir que voltei e nao só recuperei tudo o que tinha mandado ao ar para ir em busca de melhor, como encontrei melhor aqui mesmo!
sempre ouvi dizer que a sorte sorri aos audazes.
tive a coragem de arriscar.
nao correu mal.talvez algumas alturas tenham corrido menos bem, mas estou grato que tenham acontecido.aprendi com a experiencia.
faria tudo de novo.
sempre acreditei que as coisas boas, acontecem a pessoas boas, mais tarde ou mais cedo.
agora acredito que parte do que se dá, recebe-se de volta de alguma forma.
e ha coisas que simplesmente nao vale a pena preocuparmo-nos, se tiverem que ser, serão.
uma regra de como viver? tomar a decisao e nao olhar para tras. sem arrependimentos, sem medos.
estou muito satisfeito com a experiencia....mas claro, NAO O SUFICIENTE!
sempre fui, sou, e sempre serei Irremediávelmente Inconformado.
sou eu.
sim eu mesmo.
mas pelo menos tenho tentado mudar isso mesmo sabendo que nao vou conseguir.
nao desisti e nao me parece que vá acontecer num futuro proximo.
eu sou o Ricardo.

quinta-feira, 6 de setembro de 2007

questao muito importante...

de tempos a tempos sou assombrado por esta questao que um dia me lembrei e nunca encontrei resposta:

O que é que os funcionarios do Instituto de meteorologia falam quando nao ha assunto? do "tempo" nao deve ser de certeza... quais os desbloqueadores de conversa deles?

continuo a questionar-me...